Últimos artigos

Ferrovia Transiberiana: a maior viagem de trem do mundo!

A decisão

Todo mochileiro tem algumas viagens que deseja realizar uma vez na vida, estão naquela tal "Bucket List" que escutamos por aí, a tal "lista de coisas a fazer antes de morrer". Percorrer a Transiberiana sempre esteve na minha e nos últimos anos venho esperando o momento perfeito para fazê-la.

Mas o problema é o de sempre: quando tenho tempo, não tenho grana. Quando tenho grana, não tenho tempo. E quando tiver tempo e grana, tenho medo de já não ter disposição! Eu precisava romper este ciclo vicioso, e decidi viajar pela Transiberiana com o tempo e recursos que tenho!

Mas o que é essa tal de Transiberiana?

Se você não está muito habituado com este "mundo das viagens",  é bem possível que nunca tenha ouvido falar desta famosa ferrovia. Saiba que ela é considerada um marco na história da Rússia e a maior rota ferroviária do mundo! A ferrovia passa por 8 fusos diferentes, ligando a Rússia de leste a oeste! Atualmente existem três rotas que cruzam da Europa para a Ásia, são elas:

A Transiberiana Clássica, que de roda de Moscow a Vladivostok, passando pela região sul da Sibéria, seguindo os trilhos da primeira ferrovia que foi construída para conectar a Rússia Européia e a Rússia Oriental. Neste trajeto são 9289 km através das estepes e cruzando as florestas da taiga, numa jornada de 143 horas. Se fosse feita "numa pernada só", seriam quase 6 dias inteiros dentro do trem! (vermelha no mapa)

A Transmongoliana, que roda de Moscow a Pequim, passando pela Mongólia, mais especificamente pela sua capital Ulaanbaatar. Costuma ser a mais popular entre os turístas, e é uma oportunidade única conhecer um país pouco falado como a Mongólia, e ainda sentir um gostinho da China na chegada a Pequim! Eu decidi encarar seus 7826 km de trilhos e cruzar o mundo nos seus trens: esta foi a minha rota escolhida! (preta no mapa)

A Transmanchuriana, que roda de Moscow a Pequim, passando pela Manchúria, uma região da Rússia que está na fronteira entre Rússia e China. Neste percurso a ferrovia percorre 8988 km,  e a jornada dura 6 dias e duas horas, mas neste caso, sem passar pela Mongólia.(verde no mapa)

Viajarei na segunda quinzena de agosto, esperando encontrar longos dias de sol e temperaturas mais amenas. Como eu não tenho tantos dias disponíveis, precisei otimizar meu planejamento escolhendo com cuidado os destinos e os horários, para aproveitar ao máximo as horas de luz de cada dia.

Viajarei gravando a vida diária sobre os trilhos, que serão publicados e formato de pequenos documentários no meu canal do Youtube, convido você a inscrever-se e ficar sabendo quando o conteúdo for publicado! Além disso, estarei postando em tempo real conteúdo no Instagram e no Facebook, segue lá também! 

Destinos? Vistos? Moeda? Idioma?

Calma, calma! Além do que mencionei ali em cima, todo o conteúdo também estará disponível aqui no The World by Fon através deste link. Postarei várias dicas comentando sobre estes e outros tópicos, assim como vivo fazendo para os demais países! Dicas rápidas podem também sair na série Quick Facts! Este é apenas o primeiro artigo desta viagem pela ferrovia mais espetacular do mundo! Fique ligado!

Abraço maior que o Atlântico!

Fon

Facebook - The World by Fon
Instagram - @afonsosolak
Twiter - @afonsosolak
Google Plus - Afonso Solak
Email - afonsosolak@gmail.com



22 comentários:

  1. Show de Bola Fon!!! Ansioso para ver como serão todos esses trilhos!!!

    Abração e no aguardo!!! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buuuueenas!! Massa né!! Pouco a pouco estão saindo artigos sobre o tema!! Abração!

      Excluir
  2. Nossa, que legal! Confesso que esse passeio nunca me atraiu muito, mas do jeito que você escreveu parece uma viagem imperdível! Vou acompanhar para ver se entra na minha Bucket List =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhuuullll!! Saber que consegui atrair a sua atenção é um mérito pra mim!! Espero que goste! Aos poucos venho publicando o material que compilei durante a viagem!

      Excluir
  3. Acompanhando todos os cliques dessa viagem e já esperando por todos, todinhos, os posts. Tenho uma paixão não vivida com esses lugares. Como dizemos por aqui, tri legal! BjO!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula! É tri legal mesmo!! Obrigado por acompanhar! Aos poucos venho publicando meus relatos! Beijooo!

      Excluir
  4. Acompanhei a sua viagem pelo instagram morta de inveja (mas inveja branca). Quero fazer o roteiro pela Mongólia e estou pensando em já tentar no ano que vem. Vou super favoritar as dicas daqui para usar no meu roteiro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talita!! Cara, vai!! Vale muito a pena! A Mongólia é a melhor parte! Venho publicando alguns relatos, aos poucos. Logo logo surgem post mais focados nas dicas em si. Estou numa correria que não imaginas! Obrigado por acompanhar!! Beeijoo

      Excluir
  5. Tô adorando as fotos no IG e só na espera dos posts! Tá na minha Bucket list faz teeeeeempo, mas pra mim fica ainda mais difícil riscar da lista... por enquanto, só viajando de carona na viagem alheia msm hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila! Obrigado pelo apoio! Estava na minha BL a anos também! Chegou o momento de romper a inércia! Beijoo

      Excluir
  6. Uauuu... que viagem maluca! (no bom sentido)... nunca imaginei que existisse essa ferrovia... quer acompanhar tudo tb!!! show!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniela! Pois então, é uma viagem maluca mesma! Cheia de contrastes e aprendizados! Obrigado por acompanhar!!

      Excluir
  7. Que coragem! E que viagem diferente. Não conhecia este local, mas vou acompanhar suas postagens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhuuull!! Legal saber que você conheceu esta famosa viagem através do meu post! Espero que goste dos meus relatos!

      Excluir
  8. Muito legal! Estou começando a "escrever" minha Bucket List e esse com certeza será um dos itens! rs Tenho certeza que é uma experiência incrível! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Débora! Um item que deve estar na BL de qualquer viajante!! Recomendo muito!

      Excluir
  9. Olá, adorei o post! Tb sonhamos em fazer a viagem de trem que passa pela Mongólia! Já conhecemos parte da China e da Rússia, mas essa viagem de trem deve ser especialmente emocionante! Vamos acompanhar, abraços, Cristina e Renato - Blog Pegadas na Estrada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristina, Renato. Se já passaram por Rússia e China, precisam conhecer a Mongólia! É um caldeirão cultural com ingredientes russos e chineses! Espero que gostem dos meus relatos! Abração!!

      Excluir
  10. Uma viagem que morro de vontade de fazer (porque meu pai, que já beira os 70, morre de vontade e quero levá-lo!) e seu relato só cutucou essa vontade que estava quietinha! Adorei seu post, muito fácil de ler e curiosa para ler mais posts a respeito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhuuul! Legal! Recomendo muito esta viagem! Se tiver a oportunidade, faça! Aprendi muito nestes dias viajando até o outro lado do mundo! Espero que goste dos meus relatos, aos poucos venho publicando meu conteúdo.

      Excluir
  11. Já tinha ouvido falar dessa linha ferroviária, mas não sabia que tinha 3 opções. Conta tudooo, não esconde nenhum detalhe, viu!

    Quando ouvi falar fiquei bem interessada, mas não consigo me imaginar 6 dias dentro de um trem. Mas pelo o que entendi vc vai fazer paradas, neh? Conta mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Naiara! Cara, essa viagem é muuito massa! Eu realmente não fiquei os 6 dias diretos no trem. Existem muitas opções de parada, cidades incrívelmente belas e interessantes.

      Venho postando meus relatos neste índice aqui: http://www.theworldbyfon.com/2016/09/indice-ferrovia-transiberiana_2.html

      Beijooo!

      Excluir

The World by Fon Designed by Templateism.com Copyright © 2014

© Copyright 2013, All Rights Reserved to The World by Fon. Tecnologia do Blogger.