Últimos artigos

O mistério das linhas de Nasca

Em território peruano, nas planícies do Deserto de Nazca, entre o Pacífico e os cumes dos Andes está localizado um dos maiores mistérios da humanidade. Até hoje não se sabe por quem ou como foram feitas as Linhas de Nazca. As linhas são tão grandes que não podem ser vistas do solo. Os desenhos são tão perfeitos que alguns teorizam que seres de outro planeta foram os mentores deste mistério. Balela?

Mantendo meu perfil "Tenho que ver com meus próprios olhos", viajei 23 horas em ônibus de Cuzco para Nazca para sobrevoar o deserto e confirmar que elas são verdadeiras. E elas são incríveis!

Contratei o serviço do Nazca Flights, e recomendo o serviço. Me buscaram na rodoviária e me levaram até o aeroporto. Lá fiz o pagamento e me apresentaram o avião. Voei com mais três pessoas. A primeira vez que voei em um monomotor!

Vou tentar mostrar algumas das linhas que consegui identificar. Tive que alterar a saturação, temperatura e luz das imagens para que as linhas aparecessem.




A primeira delas é esta figura em forma de triângulo. Mais de um  quilômetro de extensão.

O Astronauta ou o ET. Na montanha escura. 

O Colibri, um dos símbolos do Peru. 300 metros de comprimento.

A Baleia atravessada pelo esquadro. 

Outro triângulo imenso. Pista de pouso de extraterrestres? hahaha

O Macaco com a calda enrolada. Esta calda virou o "P" de Peru, na camiseta clássica do país. 135 metros de comprimento

A Aranha, 42 metros de comprimento

A Garça Real 

As mãos.

Um mapa com as demais figuras.
Alguns constroem Pirâmides, outros desenham em grande escala no deserto. A teoria mais fiável é de que as linhas e formas geométricas são grandes canais, usados para captar e armazenar água. Os desenhos em formato de animais seriam os nomes ou identificações destes canais.

Outra teoria é de que os animais representassem divindades e com este tamanho poderiam ser vistos dos céus. Independente do que fossem, o que mais intriga é como foram desenhados, uma vez que o homem estava muito longe de voar a 2000 anos atrás. Uma hipótese é que o balão de ar quente tenha sido usado pela primeira vez muito mais cedo do que se pensa.

Enfim, esta foi uma das viagens mais intrigantes que fiz! Valeu à pena!

Se você gostou, peço que gentilmente contribua compartilhando, curtindo ou comentando abaixo ou nas redes sociais!

The World by Fon no Facebook - The World by Fon
afonsosolak no Twiter e Instagram - @afonsosolak

Uma forte abraço!

Fon


The World by Fon Designed by Templateism.com Copyright © 2014

© Copyright 2013, All Rights Reserved to The World by Fon. Tecnologia do Blogger.